Comunistas Avisam: “Vai Reencarnar à Força!”

setembro 21, 2014

dalailamafaces

Por Tony D’Andrea

O Dalai Lama recentemente declarou que não quer mais reencarnar no Tibete, caso a nação siga sob o controle da China comunista.

Numa entrevista ao jornal Die Welt, ele disse: “Tivemos Dalai Lamas durante cinco séculos. O atual [referindo-se a si mesmo] é muito popular. Vamos então terminar com a lineagem com um que seja mesmo popular!”

A reação comunista? Ao contrário do logicamente esperado, o governo chinês não está nada satisfeito com as declarações do lider espiritual do Tibete.

Um porta-voz do governo chinês declarou: “O título de Dalai Lama é conferido pelo governo da China. Assim sendo, o atual Dalai Lama tem segundas intenções ao negar os fatos, e isto é prejudicial para a ordem natural do budismo tibetano.” Em outras palavras: haverá um futuro 15º Dalai Lama de qualquer jeito.

O tema da reencarnação é um assunto sério para o governo comunista chinês, que invadiu o Tibete em 1951. Em 2011, o Dalai Lama abdicou sua liderança na Administração Central Tibetana (controlada pela China), na esperança de forçar algum tipo de democracia. Entretanto, ele concede: “há risco de que interesses políticos velados possam manipular o sistema reencarnatório para favorecer certas agendas espúrias.”

O cenário futuro mais desastroso seria dois Dalai Lamas, um nomeado por Pequim e outro por Daramsala (capital tibetana no exílio, localizada na Índia), ambos competindo pela liderança espiritual do Tibete. Ativistas tibetanos vem se manifestando na mídia tentando contornar a situação, explicando que as declarações do Dalai Lama foram tiradas de contexto.

A disputa sobre quem reencarnará é política. Segundo o Professor Richard Barnett (Universidade de Columbia e especialista em Tibete), a ameaça feita pelo Dalai Lama é uma tática de negociação para tentar gerar alguma autonomia para o Tibete, e talvez um dia retornar à sua terra natal. Segundo o pesquisador: “É uma forma de sinalizar aos chineses, com uma moeda de troca: ‘negocie comigo antes de eu morrer’.”

Anúncios

Como vai a sua “Programação Existential”?

dezembro 27, 2012

Por Tony D’Andrea

Foi com certa surpresa que minha resenha crítica sobre o Manual da Proéxis de Waldo Vieira foi publicada na revista conscienciológica Conscientia. Surpresa por que, segundo alguns colegas me diziam, aquela comunidade paracientífica não aceitaria publicar uma análise que tece uma crítica ao modelo de prescrição reencarnatória de Waldo Vieira.

Entretanto, como você vai notar, a resenha valoriza a objetividade e considera os pontos fortes assim como áreas de melhoria na obra de Vieira, avaliada de forma construtiva. A resenha está disponível no número 15.4 da revista Conscientia, ou aqui mesmo em formato PDF (Resenha do Manual Proexis 2012 Rev Conscientia). Aproveite, e deixe aqui o seu comentário. Feliz 2013!