Guru Sai Baba Falece na India (24 de Abril, 2011)

abril 27, 2011

Por Tony D’Andrea

sathya_sai_babaO guru Sathya Sai Baba, venerado por milhões de pessoas em todo o mundo, morreu neste domingo (24 de abril, 2011). Ele estava internado no Instituto de Ciências Médicas Sri Sathya Sai fundado por ele, perto de Bangalore, onde ele passou as últimas semanas com apoio de respiração e diálise. Com 84 anos, Sai Baba foi o último guru que emergiu do movimento de invasão hippie da Índia dos anos 1970.

A notícia trouxe uma onda de tristeza na Índia, incluindo ministros e celebridades, que lembram dele como uma pessoa caridosa que trabalhava abnegadamente para ajudar os outros, com os bilhões de dólares doados para o seu fundo de caridade. Centenas de milhares de pessoas prestaram sua última homenagem em Puttaparti, onde um funeral com honras de Estado ocorreu na quarta-feira. A polícia manteve um controle  sobre o tráfego rodoviário e as multidões. O comércio foi orientado a fechar, para limitar o número de pessoas na cidade.

A televisão indiana cobriu o evento sem parar. Autoridades e celebridades manifestaram tristeza sobre uma “perda irreparável”. “Sri Satya Sai Baba é um líder espiritual que inspirou milhões de pessoas a levar uma vida moral e significativa”, o primeiro-ministro Manmohan Singh. “A nação lamenta profundamente o seu falecimento.” Estado de Andhra Pradesh declarou quatro dias de luto, onde Sai Baba e’ considerado “um símbolo de amor, carinho e paixão.” “Sri Satya Sai Baba tem dado grande serviço ‘a humanidade”, outro ministro de estado disse.

Nascido 23 de novembro de 1926, como Sathyanarayana Raju, diz-se que Sai Baba era uma criança com tendências para a espiritualidade e inteligência fora do comum, que ele expressava através da música, dança, poesias e peças teatrais. Em 1940, na idade de 14 anos, ele se declarou um “avatar”: a reencarnação de um outro homem sagrado hindu chamado Sai Baba de Shirdi (no Estado de Maharashtra) falecido em 1918.

Comum nas trajetórias de “export gurus” popularizados no ocidente, Sai Baba atraiu muitos seguidores indianos e estrangeiros. A sua casa transformou a pequena vila de Puttaparti em uma vibrante cidade. O “Prasanthi Nilayam” se centra no ashram construído em 1950, evoluindo para incluir um grande hospital, uma universidade e as escolas dirigidas pelo Satya Sai Central Trust, criada em 1972 através de doações.

A sua fortuna – estimada em 9 bilhões dólares – também estabeleceu centros espirituais em Mumbai, Hyderabad e Chennai. Ele construiu outro hospital em Bangalore, onde ele tinha uma casa de verão, e também financiou projetos de abastecimento de água em vários estados do sul. Não se sabe ainda como os espólios do fundo serão usados.

Problemas de saúde nos últimos anos obrigou Sai Baba a reduzir aparições públicas. Ele sobreviveu um derrame cerebral e ataques cardíacos em 1963. Em 2005, ele passou a usar uma cadeira de rodas, e um ano depois, ele fraturou o quadril ao cair de uma cadeira. Os administradores do ashram afirmam que Sai Baba sobreviveu um atentado, matando seis devotos, incluindo o assistente pessoal do guru morto em seu quarto, em Junho de 1993. Fatos do caso ainda permanecem um mistério.

Sai Baba teve uma repercussão enorme, com ashrams em mais de 126 países, incluindo políticos, estrelas de cinema, atletas e industriais. Diz-se que ele fez milagres, materializando jóias, relógios Rolex e “vibhuti” – uma cinza sagrada aplicado às testas dos seguidores, tirada de seu halo de cabelo crespos.

Contudo, ele também foi envolvido em controvérsias, com várias alegações de abuso sexual e falsos milagres. Críticos racionalistas lideraram campanhas contra Sai Baba, chamando-o de charlatão. Há acusações que ele abusou sexualmente devotos – que ela nega como campanhas de difamação. Um programa da BBC em 2004 chamado “Secret Swami” apresenta entrevistas com dois americanos que afirmam que o guru tinha os acariciado sexualmente, se expondo desnudo, alegando que era parte de um ritual de cura. Embora ele tenha negado todas as acusações e nunca foi acusado de nenhum crime, os relatórios levaram vários seguidores a romper com o guru.

Muitos “gurus export” sao acusados, as vezes injustamente, de abusos financeiros, sexuais e de lavagem cerebral. Krishnamurti, Osho e Sai Baba sao casos famosos nesta historia. Uma diferenca e’ que Osho nunca negou a sexualidade como dimensao importante da existencia (tendo secretamente namorado assistentes). Mas com a morte de Sai Baba, termina um linha de gurus que ganharam fama no esteio do movimento contracultural dos anos 60. Muitos hippies e buscadores espirituais no ocidente “invadiram” a India, inadvertidamente gerando uma industria de turismo espiritual, onde modestas cabanas se transformaram hoje em resortes espirituais cinco estrelas. Os melhores exemplos da nova geração de gurus exportação e’ o Sri Ravi Shankar do Art of Living Foundation, e a jovem Gurumayi do Siddha Yoga Foundation, jet-setting entre seus ashrams na região de Nova York e Mumbai.